Casa cheia em Gondomar no encerramento das Jornadas Mutualistas Regionais

IMG 2440 editada

A União das Mutualidades Portuguesas promoveu esta sexta-feira (29 de setembro) a segunda edição das Jornadas Mutualistas Regionais 2017, na cidade de Gondomar, nas instalações da AMUT – Associação Mutualista. O evento reuniu cerca de 50 dirigentes, técnicos e colaboradores de Mutualidades de diversos pontos do país e ficou ainda marcado pela entrega da Chama Mutualista, um símbolo da coesão e vitalidade do Movimento Mutualista português.

Mantendo uma política de proximidade e descentralização das suas ações, a União das Mutualidades Portuguesas (UMP) dividiu a segunda edição das Jornadas Mutualistas Regionais entre Alcácer do Sal (no passado dia 25 de setembro) e Gondomar (29 de setembro). A cidade gondomarense marcou o encerramento deste evento que pretende analisar e discutir temáticas pertinentes para a atividade das Mutualidades, com um programa que incluía as medidas de apoio ao emprego do IEFP, os protocolos que a UMP tem em vigor com diferentes entidades, e também a legislação laboral aplicável às Associações Mutualistas.

Depois das intervenções dos técnicos da União das Mutualidades Portuguesas, o presidente do Conselho de Administração da UMP, Luís Alberto Silva, assumiu a palavra na sessão de encerramento, fazendo um balanço positivo desta segunda edição das JMR’17. “Apesar das Jornadas terem sempre um caráter mais técnico, consideramos que é muito importante o envolvimento de todas as Associações Mutualistas nestes eventos, não apenas dos seus técnicos e dirigentes mas também de todos os funcionários, que devem adquirir conhecimentos e competências e participar ativamente nesta discussão. Ficámos muito satisfeitos pela forma como a AMUT nos recebeu - trata-se de uma das mais recentes associadas da UMP e também quisemos que este evento servisse para fomentar a divulgação desta instituição, das suas pessoas, das suas instalações e da sua atividade”, afirmou Luís Alberto Silva.

Ângela Pereira, presidente da Direção da AMUT - Associação Mutualista, também destacou as JMR’17 como um momento importante para a associação dos trabalhadores da Câmara Municipal de Gondomar. “Quando soubemos que teríamos tanta gente neste evento ainda pensámos se conseguiríamos receber todas as pessoas nas nossas instalações. Mas fizemos um esforço para que as Jornadas fossem aqui, na AMUT, e no final ficámos muito felizes por podermos dar o nosso contributo para o fortalecimento do Movimento Mutualista”, sublinhou Ângela Pereira. No final do evento, a presidente da AMUT também recebeu a Chama Mutualista das mãos de José Miguel Gomes, presidente da Direção da Associação Mutualista de Arcozelo. A Chama Mutualista é um objeto luminoso que percorre um roteiro pelas Associações Mutualistas portuguesas, fomentando o contacto e partilha de experiências entre Mutualidades de diferentes áreas geográficas. “Pessoalmente, considero que é um símbolo muito bonito e que, através da luz, representa a vitalidade e união do Movimento. Só tenho pena que fique apenas alguns dias aqui na AMUT”, afirmou Ângela Pereira, aludindo ao facto de a Chama Mutualista transitar na próxima semana para a Familiar de Grijó - Associação Mutualista.

IMG 2454 editada