Luís Alberto Silva reeleito como presidente do Conselho de Administração da União das Mutualidades Portuguesas

 

IMG 3341

A União das Mutualidades Portuguesas elegeu os seus Órgãos Associativos para o triénio 2018-2020, numa Assembleia Geral realizada no passado sábado, em Coimbra. Luís Alberto Silva foi reeleito como presidente do Conselho de Administração e reforçou as apostas estratégicas da entidade que representa todo o Movimento Mutualista português, que agrega um milhão de associados em Portugal e mais de 2.5 milhões de beneficiários.

O responsável da UMP iniciará, assim, o seu terceiro mandato como presidente do Conselho de Administração, reforçando as suas apostas estratégicas na inovação, no rejuvescimento, na comunicação e na internacionalização do modelo mutualista, sobretudo junto dos países da CPLP.

"A defesa de um Movimento como o nosso exige que se trabalhe em prol da coesão e da harmonização", referiu Luís Alberto Silva na cerimónia de tomada de posse. "E exige também que levemos este modelo a quem mais precisa, dentro e fora das nossas fronteiras. Ao longo de 720 anos, o Mutualismo provou a sua validade e a sua importância no contexto português, nas mais diferentes conjunturas políticas, sociais e económicas. Mas há, atualmente, vários outros territórios onde o modelo mutualista poderá ter um papel importantíssimo na esfera social e económica. É esse o princípio que está na base do nosso projeto de internacionalização, focado sobretudo nos países da CPLP e que deu já origem a um protocolo de cooperação com o Governo de São Tomé e Príncipe.

"O futuro também nos reserva grandes desafios ao nível da modernização, da inovação e da divulgação. Defendemos que o Movimento Mutualista precisa de se rejuvenescer sem se descaracterizar. Precisa de se expandir sem esquecer a sua origem, os seus princípios e os seus valores. E precisa de se promover sem abdicar da integridade e da independência que nos diferenciam", sublinhou.

IMG 2842 EGOI

No sufrágio, realizado nas instalações da Casa da Mutualidade d'A Previdência Portuguesa,​ em Coimbra, os representantes das Associações Mutualistas elegeram os novos Órgãos Associativos com 95% dos votos a favor e 5% de votos em branco.

A Assembleia Geral Ordinária também aprovou os outros dois pontos da ordem de trabalhos: o Programa de Ação e Orçamento para 2018 e respetivo parecer do Conselho Fiscal, e a adesão da União das Mutualidades Portuguesas à futura Confederação da Economia Social Portuguesa (CESP).

Os novos Órgãos Associativos da UMP para o triénio 2018-2020

Assembleia Geral IMG 3323

» Associação de Socorros Mútuos dos Artistas de Bragança (Carla Sofia Silva)
» Montepio Comercial e Industrial - Associação de Socorros Mútuos (Carlos Saul Oliveira)
» A Previdência Portuguesa - Associação Mutualista (António Martins de Oliveira)

Conselho de Administração IMG 3339

» A Mutualidade de Santa Maria - Associação Mutualista (Luís Alberto Silva)
» A Familiar - Associação de Socorros Mútuos da Póvoa de Varzim (Jani Salomé Silva)
» A Familiar de Espinho - Associação Mutualista (José dos Santos Almeida)
» Associação de Socorros Mútuos "Protectora dos Artistas" de Faro (João Cardoso Esteves)
» Associação de Socorros Mútuos Fraternal dos Artistas Vilafranquenses (José Costa de Carvalho)

Conselho Fiscal IMG 3327

» A Previdência Familiar do Porto - Associação de Socorros Mútuos (Sérgio Lopes Meira)
» Associação de Socorros Mútuos 1.º de Dezembro (Jorge Conceição Cordeiro)
» Associação de Socorros Mútuos e Fúnebre do Concelho de Valongo (Manuel Gerardo Dias)