Presidentes mutualistas debateram presente e futuro do Mutualismo em Portugal

26993464 1603311376424127 1507262255418599325 n

A União das Mutualidades Portuguesas, entidade oficial que representa mais de 2.5 milhões de beneficiários em Portugal, organizou a sua primeira Reunião Anual de Presidentes Mutualistas, no dia 27 de janeiro, na Câmara Municipal de Bragança. O evento reuniu quase 50 dirigentes de Associações Mutualistas de diferentes pontos do país, numa inovadora e produtiva partilha de experiências sobre algumas das temáticas mais pertinentes para o Movimento Mutualista português.

Um sucesso. Foi assim a primeira edição da Reunião Anual de Presidentes Mutualistas, que levou até Bragança os responsáveis máximos de diversas Associações Mutualistas do país. Ao todo, estiveram no evento da UMP quase cinco dezenas de dirigentes mutualistas, num evento que permitiu analisar e debater algumas temáticas cruciais para a promoção e desenvolvimento do Mutualismo em Portugal.

Entre os assuntos abordados pelos presidentes mutualistas estiveram as temáticas do rejuvenescimento do Movimento Mutualista, da comunicação e divulgação da atividade das Mutualidades, e o papel que a UMP poderá ter na expansão do modelo mutualista em Portugal e não só.

A liderança pelo exemplo

Num evento organizado em parceria com a Câmara Municipal de Bragança e a Associação de Socorros Mútuos dos Artistas de Bragança (ASMAB), o presidente do Conselho de Administração da União das Mutualidades Portuguesas, Luís Alberto Silva, fez questão de reforçar a importância que os dirigentes mutualistas assumem na afirmação deste modelo social e económico no país.

“Como qualquer entidade coletiva, o Movimento Mutualista precisa de direções fortes, de órgãos associativos fortes, que atuem de forma determinada e persistente junto das entidades locais e nacionais, para defenderem os interesses dos seus Associados e para tornarem as suas instituições mais visíveis e mais reconhecidas”, referiu Luís Alberto Silva. “Reunimos aqui mutualistas de grande valor, pessoas que dedicaram e dedicam uma parte significativa das suas vidas à causa do Mutualismo e aos princípios e valores da entreajuda, da solidariedade, da liberdade, da corresponsabilidade, da democraticidade, da independência e da promoção do bem comum. Mas o presente e o futuro do Mutualismo dependem, em grande parte, da capacidade de nos reinventarmos, de nos adaptarmos, de nos tornarmos cada vez mais fortes… e isso pressupõe visão, abertura, audácia, mais e melhor liderança. O Mutualismo tem uma história de 720 anos em Portugal, mas o futuro exige de nós uma capacidade de nos adaptarmos continuamente a novas realidades. É por isso que os eventos da UMP pretendem trazer uma crescente capacitação, visibilidade, partilha, união e envolvência de todos os mutualistas”, afirmou o presidente do Conselho de Administração da UMP, acompanhado pela vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Bragança, Fernanda Vaz Silva, e pelo presidente da Direção da ASMAB, Alcídio Castanheira.

Durante a Reunião Anual de Presidentes Mutualistas, a UMP também apresentou oficialmente a sua lista de eventos para 2018, onde se destaca a comemoração do Dia Nacional do Mutualismo, a 6 de julho, em Lisboa, numa altura em que se celebrará a efeméride de 721 anos de Mutualismo em Portugal. Em 2018, a UMP vai também organizar pela primeira vez um Encontro Nacional de Jovens Mutualistas, nos dias 14 e 15 de abril, e o primeiro Encontro Nacional de Mulheres Mutualistas, a 12 de outubro.

 

 

 

Clique aqui para ver mais imagens da Reunião Anual de Presidentes Mutualistas.

26994360 1603309746424290 323656485162316566 n

19961342 1603310243090907 5514502851877303696 n

26991806 1603309873090944 2815947998823749628 n

27540251 1603311429757455 4687141147863798371 n