Ministério dos Negócios Estrangeiros apoia a UMP no seu projeto de internacionalização

12670168 973394806082457 189304777085893210 nEm audiência com o Secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro, o Conselho de Administração (CA) da União das Mutualidades Portuguesas (UMP) demonstrou a sua disponibilidade para trabalhar, no âmbito da internacionalização, na criação da Organização Mundial do Mutualismo.

A UMP tem vindo a realizar um conjunto de reuniões junto das diferentes embaixadas e junto da CPLP onde apresentou o Projeto para a Criação da Organização Mundial do Mutualismo, fruto do repto lançado pelos representantes do mutualismo dos diferentes continentes. Mas muitos outros contactos a nível internacional, e em especial com as comunidades portuguesas, têm sido feitos com o objetivo de promover o estabelecimento de parcerias com organizações supranacionais reforçando a expansão do modelo mutualista em Portugal e no mundo. Nesse sentido, a UMP procurou, nesta audiência com Secretaria de Estado das Comunidades, o apoio institucional para a promoção e divulgação do projeto da UMP, no âmbito da Criação da Organização Mundial do Mutualismo, junto das Comunidades Portuguesas, bem como o apoio financeiro, logístico e outros, necessários ao desenvolvimento das diferentes atividades, para que tal se materialize. O Secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro mostrou abertura para a assinatura de um protocolo entre a UMP e o Ministério dos Negócios Estrangeiros que poderá permitir a integração da UMP nas comitivas das visitas oficiais às Comunidades Portuguesas, podendo, dessa forma, reforçar os elos de ligação do Mutualismo além-fronteiras.
“Tendo em conta a enorme dinâmica da União das Mutualidades Portuguesas no que respeita ao desenvolvimento deste projeto de internacionalização, consideramos termos dado um importante passo pelo facto de podermos estar integrados nas comitivas das visitas oficiais às Comunidades Portuguesas. Acreditamos que, através dos valores e princípios do mutualismo, possamos contribuir para que Portugal e, igualmente o mutualismo, ganhe mais e melhor prestígio, reputação e reconhecimento”, defendeu o presidente do CA, Luís Alberto Silva, à margem da reunião.
Outra das intenções da UMP é a criação de um Cartão Mutualista, uma aposta na promoção de uma rede mundial mutualista que permita ao associado de uma qualquer Associação Mutualista, usufruir dos serviços/benefícios prestados pelo movimento mutualista, independentemente do local onde se encontre, até porque há muitos associados a trabalhar e a residir no estrangeiro.
Na audiência, foram igualmente enumerados os diversos encontros promovidos pela UMP no sentido de reforçar os laços de cooperação com as comunidades estrangeiras, em particular, com as comunidades portuguesas de todo o mundo, bem como com outros organismos internacionais que trabalham no âmbito da Economia Social e Solidária, nomeadamente, as Organizações Internacionais Mutualistas.