UMP apresenta proposta de Contrato Coletivo de Trabalho para o setor das Mutualidades à Frente Sindical da UGT

UMP flag baixo cores

 

A União das Mutualidades Portuguesas (UMP) apresentou, à Frente de Sindicatos da UGT, uma proposta de Contrato Coletivo de Trabalho (CCT) que será sujeita à análise dos diferentes sindicatos e dos trabalhadores a abranger. UMP e UGT iniciaram, assim, um processo negocial, que prosseguirá em novembro e que visa a criação de um instrumento de regulação coletiva de trabalho para o setor das Mutualidades.

As condições de trabalho dos trabalhadores das Associações Mutualistas têm sido reguladas com base na Portaria de Extensão do CCT aplicado aos trabalhadores das IPSS, que não tem em conta algumas especificidades da organização de trabalho das Mutualidades.