“Cooperação é palavra-chave de uma Agenda para o Desenvolvimento Sustentado no Mundo"

Print VideoArgentina

O Presidente do Conselho de Administração da União das Mutualidades Portuguesas (UMP), Luís Alberto Silva, na impossibilidade de marcar presença num evento paralelo à segunda Conferência de Alto Nível das Nações Unidas sobre o papel da Cooperação Sul-Sul e a implementação da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentado, para o qual foi convidado, enviou as suas saudações aos participantes em vídeo projetado durante os trabalhos, na tarde do dia 18 de março, em Buenos Aires, Argentina.

Organizado pela ODEMA (Organización de Entidades Mutuales de las Américas), este evento discutiu alianças estratégicas para o desenvolvimento, abrindo portas ao diálogo entre o Movimento Mutualista e os governos locais, para a construção de políticas e sinergias para alcançar objetivos a nível internacional.

A ODEMA é uma das entidades fundadoras da União Mundial das Mutualidades, organismo intercontinental de representação do Movimento Mutualista, a que a União das Mutualidades Portuguesas decidiu aderir formalmente em 24 de novembro de 2019.

“O grande desafio de, na diversidade de culturas, de economias e de sistemas políticos, encontrar um sentido comum, por onde todos possamos seguir, sem deixar ninguém para trás, a todos deve mobilizar”, considera Luís Alberto Silva.

Para o dirigente, a “cooperação” é a “palavra-chave” deste enorme desafio, em que “os Povos, Estados, e Organizações à escala global têm que estar implicados”, ressalvando que “o Mutualismo está a fazer o seu trabalho e a dar o seu exemplo”.

“Temos vindo a aprofundar laços intercontinentais entre Mutualistas e disso é exemplo bem recente a criação da União Mundial das Mutualidades”, refere o Presidente da UMP.

Em Portugal, a UMP tem vindo a mobilizar as Associações com vista à sua modernização, a sensibilizar o Estado e a procurar internacionalizar o modelo mutualista português para a Comunidade dos Países de Língua Oficial Portuguesa.

“Não podemos arquitetar uma agenda para o desenvolvimento sustentável, sem envolvermos a Economia Social e, particularmente, o Mutualismo”, remata o dirigente.

Veja o vídeo de saudação do Presidente do Conselho de Administração da UMP aos participantes, neste evento paralelo à Conferência de Alto Nível das Nações Unidas sobre o papel da Cooperação Sul-Sul e a implementação da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentado AQUI