Secretário de Estado da Juventude quer que jovens assumam papel de “atores e transformadores” na Europa

ENJM 1000

 

O Secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo, desafiou os jovens a “agarrarem” temas fundamentais dos dias de hoje e “não serem meros figurantes”, assumindo o seu papel de “atores e transformadores” na Europa.

O governante falava na sessão de abertura do 1.º Encontro Nacional de Jovens Mutualistas (ENJM), que decorreu esta sexta-feira, 3 de maio, no auditório da Reitoria da Universidade do Porto, subordinado ao tema da integração dos jovens refugiados na Europa e do papel das organizações juvenis e das instituições nesse processo.

Organizado pela União das Mutualidades Portuguesas, o evento colocou em contacto e proporcionou a partilha de experiências entre dezenas de jovens mutualistas e cerca de 30 jovens oriundos da Grécia, Itália, Ucrânia, Brasil e Portugal, que, entre 28 de abril e 4 de maio, participaram no projeto internacional “You’Re H.O.M.E. – Help Others Means Europe”, que resultou de uma candidatura da UMP ao programa Erasmus+ Juventude em Ação.

“É um dos principais programas de aproximação entre países na Europa e na sua base está a juventude”, referiu João Paulo Rebelo, sublinhando a coincidência de o ENJM se realizar em plena Semana Europeia da Juventude.

O Presidente do Conselho de Administração da União das Mutualidades Portuguesas, Luís Alberto Silva, realçou que, tanto o projeto You’Re H.O.M.E. como o Encontro Nacional, servem, também, para “abrir as portas do Movimento Mutualista aos jovens” incutindo-lhes valores e princípios como a entreajuda, a solidariedade e o auxílio contra a tendência para um certo individualismo que vai marcando as relações sociais neste nosso tempo”.

Ao organizar estes dois eventos, através do Movimento Mutualista Jovem, a UMP pretendeu “sensibilizar e mobilizar as Associações Mutualistas para esse desígnio fundamental” que passa pela integração de jovens nos Órgãos Associativos e nas atividades das Mutualidades, de forma a alavancar o processo de rejuvenescimento do Movimento Mutualista.

Esperançado em que este projeto internacional permita construir uma ponte para acelerar possíveis parcerias com os Países nele envolvidos, Luís Alberto Silva acredita na “força transformadora dos jovens” e espera que contribuam para “a disseminação e fortalecimento dos valores europeus” e sejam “uma luz para a integração dos refugiados em cada um dos seus Países”.

A seleção dos jovens participantes no projeto “You’Re H.O.M.E.” - com idades compreendidas entre os 18 e os 30 anos - foi assegurada pelas entidades parceiras da UMP, nomeadamente a Civic Organization “Development and Initiative” (Ucrânia), a EURO SUD (Itália), a Federation of Erasmus Student Network Greece (Grécia) e a ESN Porto (Portugal).