UMP assume Vice-Presidência da União Mundial das Mutualidades dia 18 na Suíça

UMP Presidente 169 1000

 

O Presidente do Conselho de Administração da União das Mutualidades Portuguesas, Luís Alberto Silva assume esta terça-feira (18 de junho) a Vice-Presidência do Comité Intercontinental da União Mundial das Mutualidades, na Assembleia Geral que se realiza em Genebra, Suíça.

Esta nova estrutura mundial representa as Associações Mutualistas de todo o mundo junto dos governos e organismos internacionais e tem como objetivos a cooperação e a partilha de experiências, promover a capacitação, intercâmbio académico e formativo entre os seus membros, celebrar acordos no âmbito da economia social e solidária, desenvolvimento sustentado, saúde, sistemas de prevenção social, reformas e pensões e outros assuntos e atividades da esfera mutualista.

O Comité Intercontinental da União Mundial das Mutualidades, que será presidido por Alfredo Sigliano, em representação da América, reúne-se na véspera, também em Genebra, para fechar o Programa de Ação e o Orçamento desta organização a submeter à apreciação da Assembleia Geral.

Para Luís Alberto Silva, a sua indigitação para a Vice-Presidência desta entidade internacional “fortalecerá a presença e o papel da União das Mutualidades Portuguesas na Europa e no Mundo” e permitirá “o contacto com outras realidades e experiências e assim acrescentar valor ao Movimento Mutualista português”.

De olhos postos na internacionalização, tendo já desenvolvido contactos exploratórios no seio da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa), nomeadamente com as autoridades de São Tomé e Príncipe e Cabo Verde, a União das Mutualidades Portuguesas aproveitará as comemorações do Dia Nacional do Mutualismo, a 8 de julho, em Vila Nova de Gaia, para incluir no programa um painel centrado nos desafios do Mutualismo à escala global, em que intervirão, entre outros, o Presidente da União Mundial das Mutualidades, Alfredo Sigliano, em representação do continente americano, e os Vice-Presidentes Abdelmoula Abdelmoumni, em representação do continente africano; e Luís Alberto Silva, em representação da Europa.

O Movimento Mutualista congrega cerca de uma centena de mutualidades, abrangendo dois milhões e meio de beneficiários, o equivalente a um quarto da população portuguesa. A proteção social, saúde, educação, ação social, turismo e lazer, caixas económicas, secções fúnebres, formação profissional, artes e cultura são áreas em que o Mutualismo está presente.

Pode consultar o programa provisório do Dia Nacional do Mutualismo e outras informações sobre o evento em: http://dnm.mutualismo.pt/