O impacto da demografia na Segurança Social e Saúde em debate no Dia Nacional do Mutualismo

DNM 19 Gaia Banner

Vila Nova de Gaia vai acolher, a 8 de julho, as comemorações do Dia Nacional do Mutualismo, organizadas pela União das Mutualidades Portuguesas (UMP), e que visam fomentar a reflexão e o debate em torno do impacto da demografia na Segurança Social e na Saúde.

“Olhar o Futuro do Mutualismo” é o lema destas comemorações que assinalam os 722 anos de existência do Movimento Mutualista português, a viver um ciclo de rejuvenescimento e de viragem estratégica no sentido de responder aos novos desafios que a sociedade coloca.

As comemorações do Dia Nacional do Mutualismo vão decorrer no Auditório da Assembleia Municipal de Vila Nova de Gaia, que a partir das 9h30, acolhe vários painéis, um dos quais sobre “O Impacto da Demografia na Segurança Social e na Saúde”, para o qual já estão confirmadas as presenças de Rui Rio, Presidente do PSD; Fernando Rosas, Historiador; Luís Capucha, Sociólogo e Investigador do ISCTE; aguardando-se outras confirmações.

De olhos postos na internacionalização e numa altura em que o Presidente do Conselho de Administração da UMP, Luís Alberto Silva, se prepara para assumir a Vice-Presidência do Comité Intercontinental da União Mundial das Mutualidades (a 18 de junho, em Genebra, Suíça), um dos painéis – “Mutualismo Sem Fronteiras” - vai centrar-se nos desafios do Mutualismo à escala global.

“O Futuro do Mutualismo e da Economia Social” é o tema que abrirá o programa comemorativo, que contempla ainda um Fórum Participativo, espaço que abre portas ao conceito de inovação direcionado para a interação com a plateia, através de ferramentas digitais.

As comemorações do Dia Internacional do Mutualismo, que contam com o apoio da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, terminarão com a atribuição de distinções a personalidades e projetos relevantes em diferentes áreas. O Prémio Inovar Para Melhorar distinguirá um projeto inovador de uma Associação Mutualista, o Prémio Mutualismo e Solidariedade 2018 que agraciará uma figura da área do Movimento Mutualista, e os Prémios Cidadania e Solidariedade e Mutualismo e Solidariedade Internacional, que reconhecerão figuras públicas pela sua ação nessas vertentes.

O Movimento Mutualista congrega cerca de uma centena de mutualidades, abrangendo dois milhões e meio de beneficiários, o equivalente a um quarto da população portuguesa. A proteção social, saúde, educação, ação social, turismo e lazer, caixas económicas, secções fúnebres, formação profissional, artes e cultura são áreas em que o Mutualismo está presente.

O programa, o formulário para inscrição e mais informações sobre o Dia Nacional do Mutualismo em: http://dnm.mutualismo.pt/