Relatório e Contas 2013 aprovado em Assembleia Geral

 

As Associadas da União das Mutualidades Portuguesas (UMP) reuniram hoje, dia 5 de julho, em Assembleia Geral Ordinária, no Auditório Paulo Quintela, da cidade de Bragança.

Nesta Assembleia, estiveram presentes e participaram 63 associações mutualistas, que, após a apreciação e discussão do Relatório e Contas de 2013 e do respetivo Parecer do Conselho Fiscal, aprovaram, por grande maioria, este primeiro ponto da ordem de trabalhos.

No âmbito da discussão e votação de outros assuntos de interesse para a UMP e suas Associadas, o Presidente do Conselho de Administração da UMP procedeu a alguns esclarecimentos, designadamente:

- no que respeita às Farmácias Sociais, Luís Alberto Silva focou a importância de já existirem decisões judiciais no sentido de possibilitar que as farmácias sociais possam usar a sinalização luminosa - cruz verde -, bem como a abertura da porta para o exterior; 

- um outro assunto abordado foi o Código das Associações Mutualistas (CAM). O Senhor Presidente esclareceu tratar-se de um instrumento de trabalho do CNES, o qual, oportunamente será disponibilizado por este Conselho Nacional para eventual discussão e apreciação.

A Assembleia Geral foi bastante dinâmica, na medida em que as mutualidades participaram de forma ativa e frutuosa, nos diversos assuntos tratados.

No final, o Presidente da Associação de Socorros Mútuos Artistas de Bragança (ASMAB), Alcídio Castanheira, dirigiu umas amáveis palavras à assembleia, assim como, ao senhor presidente do CA da UMP e restantes membros do CA, pelo empenho e dedicação demonstrados, no desenvolvimento das ações e atividades em prol do movimento mutualista, finalizando com o convite a todos os presentes para um almoço na Cantina Social da ASMAB.

Antes do almoço, foi celebrado o Protocolo de Cooperação entre a A Mutuália – Federação Mutualista e a UMP, o qual pretende oferecer, às associadas desta União, a possibilidade de usufruírem dos vários serviços que disponibilizam, no âmbito da saúde.