PRÓXIMOS EVENTOS

PROTOCOLOS
Tribetech
Tribetech
2022
ISCAP
ISCAP
2022
EWEN
EWEN
2022
Simplio LDA – “Educabiz”  “Seniorbiz”
Simplio LDA – “Educabiz” “Seniorbiz”
2022
Repsol
Repsol
2022
A Familiar de Espinho

A Familiar de Espinho Associação Mutualista

Rua 22, nº. 327
4500-273 Espinho | Aveiro
227 341 570
ir para a página web

Natureza Jurídica: Associação Mutualista
NIPC: 500953317
Contituida em: 24-02-1849
Nº Associados: 4100
Filiada na UMP desde: 2014-11-12
Última Atualização: 14-04-2022
  • Assistência Medicamentosa
  • Assistência Médica
  • Subsídio Funeral

NOTA: Os documentos publicados são da inteira competência e responsabilidade das Associadas filiadas na União das Mutualidades Portuguesas.

  • Consultas pós-parto
  • Dermatologia
  • Dietética e Nutricionismo - 1º consulta
  • Dietética e Nutricionismo - consulta de acompanhamento
  • Fisioterapia
  • Medicina Dentária
  • Medicina Geral e Familiar
  • Ortopedia
  • Ortóteses em silicone
  • Ortótoses crista ilíaca
  • Osteopatia
  • Pedologia
  • Podologia
  • Podologia (Domicilios)
  • Psicologia
  • Psicomotrocidade
  • Terapia da Fala
  • Tratamento onicocriptose ("Unha encravada")

A Associação de Socorros Mútuos de Espinho, que podemos incluir neste último grupo, foi fundada em 25 de Fevereiro de 1894. Na primeira reunião, que teve lugar numa casa situada na rua da Estação, e por proposta de António Augusto de Abreu e José António Pires de Resende, foi nomeada uma mesa que presidiu aos trabalhos, composta pelos seguintes membros: Joaquim Pereira Fula, presidente, António Pedro Félix, 1.º secretário, Abel Mota Dias Gomes, 2.º secretário. De acordo com o quadro n.º 36, os estatutos da associação foram elaborados por uma Comissão constituída por elementos oriundos de vários estratos da sociedade espinhense com predomínio para os membros dos estratos superiores.

A Associação de Socorros Mútuos de Espinho, que podemos incluir neste último grupo, foi fundada em 25 de Fevereiro de 1894. Na primeira reunião, que teve lugar numa casa situada na rua da Estação, e por proposta de António Augusto de Abreu e José António Pires de Resende, foi nomeada uma mesa que presidiu aos trabalhos, composta pelos seguintes membros: Joaquim Pereira Fula, presidente, António Pedro Félix, 1.º secretário, Abel Mota Dias Gomes, 2.º secretário. De acordo com o quadro n.º 36, os estatutos da associação foram elaborados por uma Comissão constituída por elementos oriundos de vários estratos da sociedade espinhense com predomínio para os membros dos estratos superiores.

A Associação de Socorros Mútuos de Espinho, que podemos incluir neste último grupo, foi fundada em 25 de Fevereiro de 1894. Na primeira reunião, que teve lugar numa casa situada na rua da Estação, e por proposta de António Augusto de Abreu e José António Pires de Resende, foi nomeada uma mesa que presidiu aos trabalhos, composta pelos seguintes membros: Joaquim Pereira Fula, presidente, António Pedro Félix, 1.º secretário, Abel Mota Dias Gomes, 2.º secretário. De acordo com o quadro n.º 36, os estatutos da associação foram elaborados por uma Comissão constituída por elementos oriundos de vários estratos da sociedade espinhense com predomínio para os membros dos estratos superiores.

NEWSLETTER
subscrição

Subscreva e receba os nossos canais de comunicação...

REVISTA MUT